edificacoes

Para solicitar o atendimento de emergência do Corpo de Bombeiros, basta ligar para o número 193. Ao ligar, informe o endereço completo do local da ocorrência, para incêndio, atendimento pré-hospitalar, produtos perigosos, resgate aquático, etc. informando inclusive pontos de referência para a exata orientação do socorro.

Se for caso de incêndio predial é importante também determinar a natureza da edificação, se comercial, residencial, hospitalar ou outra. Antes do bombeiro chegar, quem tiver conhecimento de manusear os preventivos de combate a incêndio, se a edificação oferecer os equipamentos, deve ser utilizado para diminuir os danos ou até mesmo eliminar o sinistro. Siga abaixo as orientações de utilização dos preventivos contra incêndio:

Como usar os extintores

Água pressurizada – Retirar o pino de segurança. Empinar a mangueira e apertar o gatilho, dirigindo o jato para a base do fogo. Só usar em madeira, papel, fibras, plásticos e similares. Nunca usar em equipamentos elétricos.

Espuma – Inverter o aparelho, o jato disparará automaticamente e só cessará quando a carga estiver e sgotada. Só usar em gasolina, óleos, tintas, graxas, querosene, cera e álcool. Como no caso da água pressurizada, este também não deve ser usado em equipamentos elétricos.

Pó químico – Retirar o pino de segurança. Empunhar a pistola difusora. Atacar o fogo acionando o gatilho . Pode ser usado em qualquer tipo de incêndio.

Gás carbônico – Retirar o pino de segurança quebrando o lacre. Adicionar a válvula dirigindo o jato para a base do fogo. Como o pó químico, pode ser usado em qualquer tipo de incêndio.

Como usar mangueiras de incêndio:

– Abra a caixa de incêndio;
– Segure a mangueira pelo bico para retirá-la da caixa de incêndio;
– Abra então o registro;
– Após esticar bem a mangueira, dirija o jato para a base do fogo.
– Saídas de emergência – A saída de emergência é um item de necessidade básica na proteção contra incêndio de uma edificação, especialmente nas mais elevadas, em locais de reuniões e diversões – públicas e em grandes depósitos ou indústrias de materiais perigosos. Elas devem contar ainda com sistema de alarme e de luz de emergência. Deve ser ainda estrutura de compartimentação contra a propagação do fogo e, acima de tudo, pessoal treinado para combater os princípios de incêndio.

Não esqueça, os itens abaixo podem salvar vidas:

– Escada de segurança resistente ao fogo, com largura mínima de dois metros e em número suficiente para a saída dos usuários do prédio;
– Portas contra-fogo em número suficiente; (foto ao lado).
– Dutos de entrada de ar e de saída de fumaça, para renovação do ar;
– Ante-câmara para evitar a entrada de fumaça nas escadas;
– Sinalização;
– Luz de emergência;
– Brigada de incêndio.

Em caso de incêndio:

– Na ocorrência de um incêndio, chame o Corpo de Bombeiros. Até a sua chegada, tente apagar o fogo. Não sendo possível, saia imediatamente do local, fechando (sem trancar) portas e janelas para evitar a propagação do fogo.

– Ao perceber o fogo, faça o possível para desligar os aparelhos elétricos e também o registro de gás.

– Num ambiente tomado pela fumaça, use um lenço molhado para cobrir o nariz e a boca e saia rastejando, respirando junto ao piso.

– Nunca use os elevadores. Saia pelas escadas, descendo sempre, buscando a saída imediata do local. Não suba.

– Antes de tentar sair de um compartimento, verifique, com a mão, a temperatura da porta. Estando fria, abra, permanecendo atrás dela. Se estiver quente, vede as frestas com panos molhados para impedir a passagem da fumaça.

– Pelas janelas, tente livrar-se de tudo que possa queimar facilmente e peça socorro.

– Molhe bastante suas roupas e mantenha-se vestido para se proteger.

– Vendo uma pessoa com as roupas em chamas, obrigue-a a deitar-se no chão e envolva-a com um tecido para abafar o fogo. A agitação ativa as chamas.

– Coloque-se onde possa ser visto e em hipótese alguma salte do prédio. O socorro chegará em poucos minutos.

– Havendo pânico e não podendo controlá-lo, afaste-se do grupo e tente outra saída. Mantenha a calma.

Fonte: http://www.abiex.org.br/site/detalhe.php?codigo=23

Anúncios